recent posts

27 dezembro 2015

Livro: Não Brinque com Fogo.

Olá Brigadeiros.

Tudo bem minha gente? Como foi o natal de vocês? Ah, o meu foi um pouco chatinho, mas nada com qual não tenha me acostumado. Lembra quando falei que meus livros do Jonh Verdon chegaram? Estava ansiosa para ler-los e hoje trago a Resenha de Não Brinque com Fogo e já vou logo adiantado que adorei o livro, então podem apostar que o post vai ser bem positivo. 

Nome: Não Brinque com Fogo.
Gênero: Mistério, Suspense e Investigação Criminal.
Paginas: 399
Ano: 2013
Nota: ♥♥♥♥
Sinopse: No ano 2000, um criminoso que ficou conhecido como Bom Pastor matou seis pessoas em estradas, dentro de seus carros em movimento. Na época, ele enviou um manifesto à polícia no qual deixava claras suas motivações: uma cruzada solitária contra a ganância. Após o sexto assassinato, no entanto, encerrou a matança e nunca foi descoberto. Dez anos depois, uma jovem estudante de jornalismo está fazendo um documentário sobre os familiares das vítimas quando coisas estranhas começam a acontecer em sua casa. Objetos são trocados de lugar, maçanetas são afrouxadas, luzes se apagam sozinhas. Assustada, ela contrata Dave Gurney como consultor. Depois de ler o material sobre o caso – incluindo o perfil psicológico do assassino elaborado pelo FBI –, o detetive coloca em dúvida toda a lógica da investigação. Ao confrontar os agentes responsáveis, porém, Dave percebe que está mexendo em um ninho de vespas, o que fica evidente quando até pessoas que o apoiaram no passado se voltam contra ele. Agora seu único aliado é o antigo parceiro Jack Hardwick, um policial grosseirão e debochado que não esconde seu desprezo pelas autoridades. Com sua ajuda, Dave tem acesso aos relatórios confidenciais do caso e começa a própria investigação. Mais uma vez, ele se colocará em risco enquanto tenta provar seu ponto de vista e capturar o criminoso. Além de reunir todas as qualidades da série Dave Gurney – personagens bem construídos e uma admirável engenhosidade narrativa –, “Não Brinque Com Fogo” vai além: é um lembrete do poder da fé em si mesmo num mundo onde isso é cada vez mais raro.

Opinião: Primeiramente não li os dois livros que antecedem a esse, então foi meio que uma surpresa boa conhecer a escrita do autor e claro seu personagem tão intrigante. Estava esperando algo que já estou acostumada, mas a verdade foi que seguiu um caminho bem diferente, tanto na maneira em que o Bom Pastor agia, quanto ao raciocínio de Dave Gurney. Além disso, a escrita nos leva a tentar resolver o caso e confesso que me peguei em vários momentos pensando sobre quem seria o verdadeiro Bom Pastor e principalmente qual seria o motivo para os assassinatos em serie. O final foi digamos... Revelador e acreditam que falhei totalmente, já que, suspeitei de todos, menos do verdadeiro assassino. (rsrs)



 Bem... A sinopse diz praticamente tudo, mas vou tentar colocar de uma forma mais detalhada (rsrs). Dave Gurney um dos detetives mais brilhantes do Departamento de Policia de Nova York, quase bateu as botas em seu ultimo caso. Devido a isso fica em sua casa na área rural junto com sua esposa Madeleine, tentando se recuperar tanto do seu estado físico quanto mental. Ele volta a ativa depois de receber um telefonema de uma amiga jornalista pedindo para que ele desse uma olhada no trabalho de sua filha Kim, que estava preste a estrear um documentário sobre famílias das vítimas do Bom Pastor, um caso sem solução,  mesmo não gostando nem um pingo da imprensa e muito menos da emissora Ram TV que iria produzi-lo, resolveu ajudar-la. Depois de se encontrar com a jovem  em seu apartamento, algo estranho acontece quando estava preste a sair, Kim saiu do prédio correndo com medo e disse a ele que tinha visto manchas de sangue.
Kim contou a Gurney que desde que começou o projeto, coisas estranhas começaram a acontecer em seu apartamento e acredita que tudo isso é feito pelo seu ex-namorado que queria arruinar o documentário. Mesmo um pouco abalada, se mantem firme e pede para que o detetive aposentado a ajudei como consultor, sem nenhuma outra escolha ele aceita. Entretanto a medida em que se envolve mais com o projeto e principalmente com o caso, percebe que existem pontas soltas e erros na investigação. Sendo assim, com ajuda de seu "amigo", Jack Hardwick, que lhe dar informações confidenciais, começa sua própria investigação. Porém o caminho até a verdade não será fácil, além de  está com a sua vida e a de Kim em risco, está em atrito com o FBI, que fará de tudo para tira-lo do caminho... Irei deixar essa parte para umas considerações finais, como disse gostei muito do personagem principal, além dele, Jonh Verdon, soube dar personalidades peculiares e bem fortes para os secundários, fora que houve bons desdobramentos na trama.

Enfim espero que tenham gostado. E se já leram digam o que achou do livro.


8 comentários

  1. Eu não sou muito chegada a livros de suspense, mas desde que comecei a ver Bones, passei a me interessar em resolver crimes, ou assistir coisas nesse estilo, e o livro me interessou bastante xD
    Adoro livros que nos fazem interagir com a história, que nos fazem pensar em como seria se fossemos nós na história, no caso deste, em quem seria o assassino. Se eu tiver a oportunidade de le-lo, lembrarei deste post. hehehe
    Beijos!

    Himitsu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não assisti Bones, essa serie está na minha lista, mas ainda me falta iniciativa (rsrs). Gosto de tudo que envolve mistério e é muito legal como esse livro nos faz pensar em tentar resolve-lo. Espero que você goste.

      Excluir
  2. Uau! Gosto de histórias policiais e fiquei curiosa! Mas vou tentar encontrar os dois primeiros livros! Parabéns pela resenha!

    www.yeahitsallmine.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, estou atras de comprar os dois primeiros, enquanto não encontro vou ler os que tenho.

      Excluir
  3. eu não sou muito de ler esses tipo de livros, pois nunca me cativa muito, mas a sinopse ta otima xd

    Com carinho, Hina | Aishiteru em Contos |

    ResponderExcluir
  4. Oiee!
    Feliz um natal atrasado!
    Meu natal foi meio chato, só ganhei um livro, Como eu era antes de você, mas melhor do que nada hahaha!
    Gosto um pouco de suspense em livros, já está na minha listinha ^^
    Beijos
    www.blognekokawaii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oii, depois quero saber se o livro é bom, viu? (rsrs). Espero que goste do Não brinque com fogo é bem legal

    ResponderExcluir

Vai comentar? Eba, mas antes precisa saber algumas regras.

✖ Pode usar palavrão portanto que não xingue ninguém.
✖ Comentários usados apenas por divulgação serão excluídos.
✖ Estou te seguindo segue de volta? Se eu gostar do blog sim, mas evite fazer essa pergunta.
✖ Deixe o seu link no final do seu comentário para que eu possa retribui-lo.

Agora que já sabe as regras, pode comentar a vontade.

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo